Há palavras que nos beijam – Alexandre O’Neill

No dia Mundial da Poesia, ofereço palavras de Alexandre O’Neill.

Há palavras que nos beijam

Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.

Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.

De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas, inesperadas
Como a poesia ou o amor.

(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído,
No papel abandonado)

Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.

3 pensamentos sobre “Há palavras que nos beijam – Alexandre O’Neill

  1. As palavras são labirintos sem fim. São com elas que nos encontramos, quando não podemos estar mais perto fisicamente. Trazem-me tanto de ti, minha amiga! Mas por muito que me lembrem de ti, não são suficientes para matar as saudades… Beijo enorme, e já agora, uma páscoa feliz!!

    Gostar

  2. Minha linda, à falta de melhor deixo-te mesmo apenas algumas palavras, mas carregadinhas de amor, para te desejar uma Páscoa Feliz junto da tua família e das pessoas que mais amas!

    bjinho grande e um abraço bem forte!😉

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s