Deolinda “cantam a tristeza rindo”


             Foto @ Myspace Deolinda [capa cd “Canção ao Lado”]

“Cantar a Tristeza rindo” é a forma como os próprios definem este projecto original, iniciado recentemente, mas que tem todos os ingredientes para ser um sucesso. “Canção ao Lado”, o nome do álbum dos Deolinda, percorre vários estilos musicais, fazendo uso de um humor refinado, irreverente, com palavras perfeitamente encadeadas com o ritmo musical que já os caracteriza. Se ainda não compraram o cd, passem pelo Myspace do grupo e divirtam-se com o “Fon fon fon” e o “Movimento Perpétuo”, ou encantem-se com a doçura de “Não sei falar de amor”.
Deixo-vos ainda o vídeo e a letra do “Fado Toninho”, que é, na minha opinião, uma das músicas mais sui generis que ouvi nos últimos tempos. O dedilhar gingão da viola e o cruzamento de frases coloquiais, num fado/canção, resultaram de facto num belo momento de música popular portuguesa.
As nossas tradições podem perdurar de formas diversas… basta querer e saber fazer.

Dizem que é mau, que faz e acontece
arma confusão e o diabo a sete
agarrem-me que eu vou-me a ele
nem sei o que lhe faço
desgrenho os cabelos
esborrato os lábios
se não me seguram
dou-lhe forte e feio
beijinhos na boca
arrepios no peito
e pagas as favas
eu digo: – enfim,
ó meu rapazinho
és fraco p’ra mim!

De peito feito ele ginga o passo
arregaça as mangas e escarra pró lado
anda lá, ó meu cobardolas
vem cá mano a mano
eu faço e aconteço
eu posso, eu mando
se não me seguram
dou-lhe forte e feio
beijinhos na boca
arrepios no peito
e pagas as favas
eu digo: enfim,
ó meu rapazinho
sou tão má para ti!
Ó meu rapazinho, ai
eu digo assim:
“- Se não me seguram
dou cabo de ti!”

2 pensamentos sobre “Deolinda “cantam a tristeza rindo”

  1. Vi uma actuação dos Deolinda na televisão num desses programas da manhã, já aqui há alguns dias (cantaram “fon fon fon”), e fiquei de facto encantada! desde a imagem, a voz, a presença em palco e a própria encenação das músicas que cantam… uma boa surpresa! 🙂

    a tradição sai, assim, revigorada, com uma alma nova… e tristeza? não a sinto quando os estou a ouvir!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s