O Natal nas ruas do Porto…

Passear pela baixa do Porto na época de Natal é um must do. Admirar as ruas e praças iluminadas, sentir o cheirinho das castanhas assadas, observar o corropio das pessoas na azáfama das compras traz-me de volta as memórias dos tempos em que esta cidade era o cenário da minha vida. Fui muito feliz no Porto!
Tenho de referir, no entanto, que, para minha tristeza, as decorações natalícias deste ano não têm o encanto de outros tempos. Gostos não se discutem, é certo.

Avenida dos Aliados – Natal’09

Rua Passos Manuel – Natal’09

Rua Santa Catarina – Natal’09

Da Avenida dos Aliados subi à Rua do Bonjardim e, como sempre, não resisti a uma passagem pela Casa Januário, para ver as novidades e deliciar-me com os escaparates coloridos de frutos secos, que enchem os olhos de quem gosta de produtos de qualidade e, sobretudo, de perceber que há tradições que se mantêm.

Casa Januário – Porto’09

Tradição é também o lema da Casa Chinesa, na Rua Sá da Bandeira, onde o único sinal dos tempos modernos parece ser o uso do Multibanco. Os frutos secos são vendidos nos saquinhos de papel, a conta faz-se num papel em cima do balcão, perante o olhar atento dos clientes e o atendimento é sempre cuidadoso e sui generis. Eu acho tudo isto fantástico! Comprei as amêndoas, as avelãs, os figos, as tâmaras, as castanhas do Pará…

Casa Chinesa – Porto’09

Outro local a visitar é a Pérola do Bolhão na Rua Formosa, bem perto da Rua de Santa Catarina. É um dos ex-libris do Porto, no que diz respeito ao comércio tradicional. A fachada da mercearia é absolutamente maravilhosa com os seus painéis de Arte Nova, dignos de uma visita.

A Pérola do Bolhão – Porto’09

FOTOGRAFIA DO PORTO

O Porto é uma menina a falar-me de outra idade.
Quando olho para o Porto sinto que já não sou capaz
de entender a sua voz delicada e, só por ouvir, sou
um monstro que destrói. Mas os meus dedos são capazes
de tocar-lhe nos ombros, de afastar-lhe os cabelos.
Entre mim e o Porto, existem milímetros que são
muito maiores do que quilómetros, mesmo quando
os nossos lábios se tocam, sobretudo quando os nossos
lábios se tocam. De que poderíamos falar, eu e o Porto,
deitados na cama, a respirar, transpirados e nus?
Eis uma pergunta que nunca terá resposta.

(JOSÉ LUÍS PEIXOTO, in “Gaveta de Papéis” / Edições Quasi)

4 pensamentos sobre “O Natal nas ruas do Porto…

  1. Confesso que o Porto nunca foi uma cidade que me deixasse apaixonada, talvez porque nunca lá vivi e só a visito com o intuito de fazer compras, ou porque tenho algum curso de formação para aqueles lados… A verdade é que olho para o Porto com um preconceito estranho, não o sei justificar… ou talvez até saiba, mas isso são contas de outro rosário e o Freud já não está aqui para analisar….

    Ao ver estas fotos e a forma como sempre falas da cidade, esqueço por momentos aquilo que sinto em relação ao Porto e vejo uma cidade diferente, cheia de emoção, a fervilhar de sensações quentes e prazeirosas, daquelas que se partilham com os amigos ou o mais-que-tudo, numa esplanada de um café, num teatro, numa rua qualquer…
    Conseguiste que eu sentisse que o Porto até podia bem ser a minha casa…
    Olhar as coisas com outra perspectiva é, realmente, algo que devíamos fazer sempre… Podemos ficar espantados com o resultado…

    Beijinhos grandes Amiga🙂

    Gostar

  2. Gostei do seu post. Eu sou tripeira, mas vivo muito longe da minha terra. Claro que conheço bem os lugares que mostra nas suas fotografias(bem bonitas), mas vê-las de novo é sempre bom. Também preferia as iluminações antigas, no entanto nessas ruas têm sempre qualauer coisa de familiar. Obrigada por as trazer até mim…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s