♥ ♥ Balanço ♥ ♥

Pus de lado a velha mania de fazer grandes promessas de fim de ano e, sem que desse por isso, 2012 começou. A estranha necessidade de perfeição deixou também de ocupar o mesmo espaço na minha vida. A verdade é que, desde que um lindo e maravilhoso novo ser passou a fazer parte de mim, o meu mundo recuperou a energia e a estabilidade que há muito tempo não sentia e enchi-me de uma força que julgava já não ter. Não posso dizer que mudei, que estou diferente, mas posso dizer, em jeito de brincadeira, que ser mãe deu volta aqui ao ‘pingarelho’ (talvez não seja uma palavra muito bonita, mas não me ocorre mais nada para chamar ao meu lindo conjunto de neurónios :D) e, ao contrário das vozes menos positivas de alguns velhos do Restelo, eu estou a dar conta do recado e a superar-me todos os dias. Sou uma mulher mais feliz e sei que sou a melhor mãe do mundo para o meu Rodriguinho, mesmo sabendo que as falhas também fazem parte do percurso.
A vida é mesmo assim… afinal, admito agora, se fosse perfeita não teria a mesma graça.