Day 23 | Electric (Eléctrico)

IMG_3573

‘Baby Control Clássico Chicco’

Quem me conhece, sabe que eu não dispenso as minhas ‘Marias’, vulgo máquinas de lavar e secar roupa e a máquina de lavar louça, sem descurar a cafeteira eléctrica, a minha torradeira (para as torradinhas no Inverno), a máquina de café… Depois do nascimento do Rodrigo, dei graças a Deus e ao Homem pelos esterilizadores, pelo aquecedor de biberões e por outras parafernálias. Agora que o meu pequenino já dorme toda a noite no seu quartinho, este gadget é o nosso ai Jesus há uns tempos. Não sei o que as outras mães sentem ou sentiram, quando os seus pequeninos ‘abandonaram’ o primeiro ninho. Poder ouvir cada som e, ao mesmo tempo, saber que ele está a dar os seus primeiros passos para ‘independência’ em terreno seguro, dá-nos um  pouquinho de tranquilidade.

Coisas de mãe de sempre alerta!

11 pensamentos sobre “Day 23 | Electric (Eléctrico)

      • Sinceramente… nem te sei responder!🙂
        Acreditas que NUNCA me levantei para ver se o Tomás estava a respirar quando era bebe, por exemplo? Serei normal??? Loooooooooooooooool

        Gostar

      • Claro que és normal, eu é que se calhar sou menos normal. Mas também tem a ver com a distância entre divisões e, no meu caso, se ele chorar, eu quase não o ouço no meu quarto. Quando ele era bebé, não tinha esse hábito. Sempre estive relaxada com isso. Desde que ele está no seu quarto, tenho os receios naturais: que ele caia, se magoe e eu não ouça. Só por isso.
        🙂

        Gostar

      • 🙂
        Também pode ter a ver com o facto de ter deixado de dormir quando ele nasceu (manhã, tarde e noite)… Como estava acordada, não precisava de me preocupar!🙂
        E ele tb estava mais tempo acordado do que a dormir!

        Gostar

      • Eu tb não me importava!🙂 Acho que ele só começou a dormir bem o ano passado… Sobrevivi! Ena, Ena!🙂
        Mas a questão foi mais a minha depressão! Dasssss…

        Gostar

      • OMG! Nem sei o que te diga, rapariga! Como diz a minha mãe, “dormir é meio sustento”. Não admira que tenhas caído numa depressão. Ainda bem que são águas passadas!
        Beijoquinhas*

        Gostar

      • A depressão começo logo a seguir ao regresso a casa! Nunca pensei! A gravidez foi santa, o parto idem… o que veio a seguir é que nem por isso! Perdi 30 kg… mas já os recuperei! ehehehheheheh
        Só o ano passado me livrei da medicação mas, felizmente, estou bem!
        Beijocas.

        Gostar

      • Vejo que não correu nada bem e ninguém esquece as dores ‘de alma’ que sente, quando está nessa situação. Não se explicam, nem se expressam por palavras. Fico feliz que estejas bem agora e, se só o ano passado é que deixaste a medicação, é porque foi importante que assim fosse. De nada vale contrariarmos a força do nosso corpo sobre a nossa mente.🙂 A vida está sempre a pôr-nos à prova (e eu sei do que falo)

        Beijinhos, querida!

        Gostar

  1. Pingback: Day 6 | Soft (macio, suave, delicado…) | Por Outras Palavras...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s