Sobre a vida (por Liliana Silva)…

Pedaços no Tempo

estou na estação de comboios. tirei um bilhete sem destino e não sei qual é o comboio que devo apanhar. nem a linha. pergunto a um senhor que está à espera junto à linha 1, que me aponta para o balcão das informações. está com pressa e não pode perder tempo. (eu só queria saber qual a linha para apanhar o comboio, mas tudo bem). caminho para o dito balcão. há pessoas aborrecidas (parece que há greve). “estou atrasada”, “vocês são mas é uns malandros, vão mas é trabalhar para as obras, para saber o que é doce”. ouço de tudo um pouco. uns mais irritados, outros menos pacientes. todos com um ar soturno. chega a minha vez de pedir as informações: “oh menina, é sempre na linha 3” (como querem que eu saiba que para fazer esta viagem é sempre na linha 3?). agradeço, mas a senhora já está…

View original post mais 489 palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s