Das palavras (de outros) em que me encontro…

“(…)Por isso, queridos filhos, ir para a escola é importante. Aprender é importante.
Mas não se limitem às metas curriculares, não queiram ser os primeiros no quadro de honra.
Acima de tudo, aprendam a ser felizes. A conversar com os amigos. A fazer rodas e a cantar. A olhar para as árvores e as flores e perceber como mudam com as estações do ano. Sejam educados com todas as pessoas, sejam simpáticos, ajudem quem precisa. E não, a mãe não vai ficar zangada se se enganarem nas fracções que são ensinadas antes de tempo, ou se os testes nacionais não correrem assim tão bem. E prometo que vamos todos, em família, fazer tudo para abrandar o ritmo. Para vos ir buscar cedo, não para vos levar a mil-e-uma actividades extra curriculares, mas para irmos ao parque dar milho aos pombos ou andar no baloiço, para passearmos de mão dada pela nossa aldeia, para visitarmos os amigos ou para vos ensinar a fazer a sopa para o jantar. E sim, para isso os pais precisam de trabalhar menos, e provavelmente teremos menos iPads, menos roupa de marca, menos viagens. Mas, prometo-vos, vamos ser muito mais ricos.(…)”

Texto daqui

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s