Sinais dos tempos #3

Sinais dos tempos #2

Se o mundo percebesse que nem tudo são verdades absolutas…

De como a alegria de uns pode ser a tristeza de outros…

unnamed

Gostava tanto que esta não fosse a realidade de muitos…

unnamed

E que cada um se focasse naturalmente nesta demanda, que considero tão mais feliz e corajosa, porém nem sempre viável para tantos:

“O teu tempo é curto
por isso não vivas a vida dos outros
não te prendas a dogmas-ou seja, àquilo que os outros pensam
não deixem que as opiniões barulhentas dos outros abafem a voz que te vem de dentro
e o mais importante
tem a coragem de seguir o teu coração e intuição
eles sabem o que tu realmente queres ser
o resto é resto”

Steve Jobs

Quase, quase no Natal…

… por cá, sem pânico. 🙂 Consegui nos últimos (quase) dois anos ‘acomodar’ no meu ser, que a simplicidade de um mimo, pensado e concretizado com amor e atenção, vale mais que os mais preciosos presentes. A persistência neste meu objectivo de vida tem proporcionado esta acalmia em mim, algo que me deixa imensamente feliz.

Tentem viver o Natal na sua essência e não que o consumismo vos ‘devore’ o espírito. O  tempo que se pode perder na azáfama e correria das compras poderia ser dedicado, por exemplo, a pessoas que precisam de nós ou com quem nunca conseguimos estar. Já pensaram nisso?

Nem mais… :)

😀

Apesar de tudo, eu continuo a acreditar…

… mas talvez seja melhor manter a TV no off!

"Eu tenho esperança na civilização. Acho que somos todos intrinsecamente bons e capazes de grandes coisas."

Dúvidas legítimas…

Savage Chickens

Valha-nos isso…

Savage Chickens