Hoje é o dia da mulher…

… que me gerou e me fez gente…
… que me ensinou a ser e a sentir, sem que disso se apercebesse…
… que me mostrou que dar valor a todas as pessoas faz de nós pessoas melhores…
… que ainda hoje em dia acha que não fez tudo o que podia por nós (por mim e pelo meu irmão), quando na verdade deu-nos muito do que não teve, contra a opinião de vários ‘velhos do Restelo’…
… que ouvia, há 30 anos atrás, programas de rádio sobre parentalidade, educação, e temas pouco usuais, e hoje mais do que banais, como a homeopatia, a medicina tradicional chinesa ou as regras de etiqueta…
… que prefere ler sobre a vida do que sobre a vida dos outros…
… que soube e sabe encarar, com força e optimismo, grandes dificuldades que a vida a obrigou a enfrentar…
… a quem 4 (poucos) anos de estudo nunca impediram de ser maior e melhor que outros tantos que estudam a vida toda…
… que me diz que o universo nos dá tudo aquilo que pedirmos…
… com quem falo diariamente, salvo raras excepções…
… que é o meu porto de abrigo, o colo para onde corro, sempre que a vida me faz umas fintas…
… que me aceita tal como eu sou…
… que trata o meu marido como um filho, desde o primeiro dia…
… que sabe ser a avó que eu esperava para o meu bebé e mais ainda. Assistir ao amor dos dois é dos momentos mais lindos que se pode viver…

Hoje é o dia da mulher que é a melhor mãe, sogra e, AVÓ, do mundo… pelo menos do nosso mundo!!!

Escrevi este texto há 3 anos. Um texto que continua a definir a mulher da minha vida, a minha MÃE guerreira. Porque ela é tudo isto e tudo mais que não se consegue pôr por palavras. Amo-te muito! ❤

Parabéns Mãe!!! Hoje é o teu dia! ♥

Anúncios

Há 43 anos estava um lindo dia de sol…

‘tal como hoje’ disse a mãe pela manhã. Mas hoje faltavas TU! E, por hoje, eu dispensava o sol!

Parece que foi ontem que ‘abri uma janelinha’ na blogosfera…


Foto daqui

OBRIGADA!

Daqui a 20 anos vais lembrar-te deste dia…

Nessa altura, o teu afilhado terá 23 anos e achará o máximo que relembremos a história do dia em que completaste 45 anos. Contar-lhe-emos que te cantou uns parabéns bem afinados, durante a sua bela banhoca e pelo telemóvel. Não viste, bem sei, mas eu descrevo para memória futura. Apresentou-se todo ensaboado nesse palco improvisado, de chuveiro de mão a servir de microfone, comme il faut, a cantar ‘para a menina… madrinha, uma salva de palmas’. Não faltaram as palmas cheias de espuma a voar por toda a casa de banho e muitos beijinhos repenicados (no telemóvel, claro, que era onde tu estavas 🙂 ). Foi o melhor que te podemos oferecer em família! E foi tão bonito!

O amor verdadeiro vive-se assim, mesmo na distância que se impõe, mas que nós encurtamos da maneira que melhor sabemos e podemos. Estamos sempre perto uns dos outros e fazemos tudo uns pelos outros. Assim é connosco! E não fosse a falta que fazem os abraços apertados, o som das gargalhadas, a maravilha de poder ver o crescimento dos nossos mais pequenos, tudo seria mais fácil (e sei que falo pelas duas). Não existe NADA que consiga substituir estes momentos, apesar da ajuda do telefone, da internet, ou do Skype. Mesmo assim acho que sabemos como é bom sermos tão felizes juntos! ❤

‘Sisters by Heart’ by Willow Tree

Parabéns, minha querida Amiga!
Parabéns, ‘minha pessoa’!
Parabéns, minha mana do craçã!

Amo-te muito! Sempre, para sempre!

♥ ♥ ♥

♥ 3 de Abril de um ano diferente ♥

3 de Abril! Hoje é dia de aniversário dos meus avós. Dos meus queridos avós maternos! Da Avó Alice e do Avô Carlos! Dos bisas do meu pequenino! ❤
Quis o universo (ou qualquer outra força que só pode ser muito bonita) que, para além de um amor, de uma vida e de uma família em comum, celebrassem o aniversário no mesmo dia, com uma diferença mínima de anos. E essa coincidência continua ainda hoje a deixar-me imensamente feliz!

avós

3 de Abril de um ano diferente! Pela primeira vez, em quase 60 anos, festejam este dia em locais diferentes, mas juntos no coração. A avó Alice vai ter junto dela todos os que puderem mimá-la o mais possível, com beijinhos, abracinhos, sorrisos (uns mais rasgasdos, outros ainda molhados), tropelias dos mais pequeninos, um ‘abacho’ do bisneto mais novo e algo docinho para serenar o coração na hora dos parabéns; o avô Carlos está num sítio especial há perto de 5 meses, num local em que as festas serão certamente surpresa,em que aparecerão amigos de longa data, familiares que o vão rever e novos amigos que entretanto já fez. É quase certo que, mesmo lá em cima, ele ficará muito contente. Perceber-se-á isso pelo sorriso singelo e pelo brilho dos seus olhos pequeninos. Irá dizer de certeza que não queria dar trabalho, nem ao mais descansado dos anjos. É assim o meu avô. 🙂

Hoje, no dia 3 de Abril de um ano diferente, celebra-se o aniversário dos meus avós queridos! Nada será como dantes, mas depende de nós fazer com que a memória deste sorrisos se mantenha para sempre! ❤

A vida (simplesmente) acontece…

O Rodrigo fez ontem dois anos. ♥ ♥ 

A festa poderia ter sido grande: com balões, decorações e presentes com grandes laços…
À porta poderia estar um cartaz a dizer ‘Bem-vindos à minha festa’
A mesa poderia estar meticulosamente decorada e carregadinha de doces e guloseimas…
As corridas dos mais pequeninos pela casa seriam mais que certas e as conversas dos adultos ouvir-se-iam na rua…
A casa poderia estar cheia de gente que amamos e que nos ama…
Os sorrisos e os abraços seriam mais que muitos…

Este seria o ambiente previsto. Mas não foi assim que aconteceu…

A vida mostrou-me, uma vez mais, que nem tudo pode ser planeado e, no lugar de uma festa de aniversário elaborada, houve um bolo de laranja feito às pressas pela vovó (mas com muito amor), uma vela comprada pelo tio, um jantar simples após a ‘segunda despedida do bisa’ e a presença espontânea de algumas pessoas que são (d)a nossa vida. Isto sem esquecer as palavras lindas e miminhos que lhe enviaram. Sem que eu tivesse feito rigorosamente nada, o Rodrigo festejou o 2.º aniversário num ambiente de luz, alegria e amor. Aqui que ninguém nos ouve, eu senti que o ‘bisa’ esteve sempre ao nosso lado.

2.º aniv

Poderei fazer uma segunda festa (a tal elaborada), para celebrar o aniversário deste meu amor pequenino, mas nada substituirá a espontaneidade sincera que se viveu ontem, naquela que se tornou a festa principal do seu 2.º aniversário.

OBRIGADA! ♥♥ 

♥ 21 ♥

Rodi_21meses

6 anos na blogosfera…

Quase nem dá para acreditar que já passou tanto tempo, que tanta coisa nova aconteceu no meu pequeno mundo… Este blog já foi espaço para grandes alegrias, para umas tantas desventuras; para contar novidades que mudaram a minha vida e também para desfiar momentos de rotina, de vida pacata e normal. Tenho que admitir que já ponderei acabar com este cantinho, ou porque achava que o que digo não interessa a ninguém, ou apenas por sentir que não preciso de me expor desta forma (apesar de tentar sempre ser o mais discreta possível, porque assim quero ser). Mas, depois, dou um salto no tempo e ‘vou lá atrás’ e leio o que aconteceu há 3 ou 4 anos e percebo que, se num determinado dia não escrevesse, ou não colocasse uma foto, ou não citasse as palavras de alguém, dificilmente me lembraria do que acontecera nesse dia. E assim resolvo continuar pela blogosfera, enquanto achar que aqui sou feliz e onde, a meu jeito, me encontro! Isso, ou volto a escrever num diário, ou num caderninho de linhas, como fazia antigamente! 🙂

Obrigada a todos que por aqui passam… a quem me lê, a quem comenta (e a quem não comenta também) e a quem, por vezes, se revê em momentos meus. 

Foto @ Diário de uma Mãe Solteira

❤ 17 ❤

17meses

Day 08 | On your plate (No teu prato)

Bifanada

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Dois ‘pedacinhos’ destas duas gulodices estiveram no meu prato não hoje, mas ontem. Imagens de uma linda festa de aniversário surpresa, preparada para os meus avós maternos, que estiveram de parabéns esta semana. Correu tudo tão bem!